Pular para o conteúdo principal

Postagens

Destaques

Rubis

Ela não queria que acontecesse daquela maneira. Na verdade, planejava secretamente um caminho alternativo. Tinha tudo decidido. Levaria tempo, mas conseguiria. Ao menos achava que sim.

Em seu silêncio, ela plantou sementes em seu jardim secreto e regou-o todos os dias.

Meticulosamente, retirava com as mãos nuas as ervas daninhas e os galhos secos que caiam de árvores vizinhas, sopradas pelo vento da intriga e da cobiça alheia.

Ela seguiu o seu cultivo, mesmo percebendo os machucados em seus dedos, que ela curava durante as noites vazias.

Dia após dia, ela limpava e semeava. Protegia os pequenos sulcos na terra com a própria pele.

E nem assim as flores brotaram.

Por mais que ela amasse o seu jardim, o solo se contaminara com raízes venenosas que aos poucos rastejavam nas profundezas, abrindo rachaduras aridas e perigosas.

Mesmo no seu desespero, cravando os dedos firmes na terra amaldiçoada, ela acreditava que conseguiria devolver a beleza e eliminar as impurezas trazidas pelos braços…

Últimas postagens

O poder do silêncio

O mais e o menos

Quando você nasceu?

13 Reasons Why

À alguém que se foi

Ela, e somente ela

A maior mentira de todas

Então o casamento acabou...

O tempo e o perdão

Só sei que não vou... por aí

Embarque na sua viagem

Uma linda experiência

Uma mensagem do Futuro

Quem disse que ser saudável é fácil?

Quem você quer ser: vítima ou herói?

A hora de parar de sentir raiva

Ao meu novo amor